Shiro Moti

o doce da sorte

Shiro Moti é um doce japonês feito a partir do  motigome , um arroz glutinoso de grão curto. O arroz é batido até formar uma pasta e depois moldado na forma desejada. 

 

No Japão é tradicionalmente feito em uma cerimônia chamada motitsuki. Embora também seja consumido o ano todo, o Shiro Moti é um alimento tradicional para o Ano Novo japonês e é comumente vendido e consumido durante esse período.

O processo de fabricação do moti tem origem na China, onde esse tipo de arroz é cultivado e usado há milhares de anos. Várias tribos aborígenes chinesas usaram esse processo como parte de suas tradições. No folclore, a primeira cerimônia de motitsuki ocorreu após os kamis (deuses em japonês) terem descido à Terra.

Assim, durante o período Heian (794 d.C. – 1.192 d.C.), o Shiro Moti era usado como "alimento para os deuses" em oferendas religiosas nos rituais xintoístas realizados pelos aristocratas. Os nobres da corte imperial acreditavam que longos cordões de Shiro Moti recém-fabricados simbolizavam vida longa e bem-estar. Além da boa sorte geral, o doce também era conhecido como um talismã para casamentos felizes.